Saúde ocupacional: o que é e como promover na empresa

2 de março de 2022

Como a sua empresa investe em ações que promovem a saúde ocupacional dos colaboradores? Esse é um assunto de extrema importância, que ganha cada vez mais visibilidade e atenção do mercado.

Foi-se o tempo em que as instituições não se preocupavam com o bem-estar físico e mental dos funcionários. Hoje, é de pleno conhecimento que esse aspecto influencia diretamente no capital intelectual da empresa, nos resultados e no bem-estar das pessoas que promovem o dia a dia do negócio.

Além disso, a sociedade ainda colhe os frutos da pandemia de Covid-19 e, não à toa, essa doença trouxe uma mudança significativa na forma que as empresas buscam por mais qualidade de vida. Pensando no tema, preparamos este artigo para refletirmos sobre a saúde ocupacional, que é um assunto tão importante e urgente às empresas. Continue a leitura!

O que é a saúde ocupacional?

Trata-se de uma área da medicina cujo foco é a saúde do colaborador. Ela envolve não só as ações de prevenção contra doenças e possíveis acidentes, como também atua para promover e desenvolver programas para a resolução de problemas.

Seja em empresas de pequeno ou grande porte, esse é um setor obrigatório, que visa observar e avaliar atentamente aspectos que envolvem a rotina e o bem-estar do colaborador, como:

  • ergonomia;
  • saúde física e mental;
  • oferta de equipamentos de proteção;
  • oferta de equipamentos adequados para o trabalho;
  • redução dos riscos físicos e químicos etc.

A saúde ocupacional também engloba uma série de regras impostas pelos órgãos públicos para que os riscos das atividades operacionais sejam amenizados. Não é novidade: a legislação brasileira é rigorosa sobre o assunto e conta com setores específicos (como o Ministério Público) para controle.

Programas de Gerenciamento de Risco (PGR), Normas Regulamentares (NRs) e Entrega de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são exemplos de iniciativas fundamentais que ajudam as empresas a cumprirem com suas obrigações.

Qual é a importância e os benefícios da saúde ocupacional?

A saúde do colaborador é coisa séria, que deve ser interpretada com bastante atenção pelas empresas. Pensar apenas em produtividade e lucro pode não ser suficiente para a perenidade do negócio.

Toda organização demanda uma estrutura de processos, com profissionais especializados, que estejam atentos para essas questões. Quando as empresas investem em saúde ocupacional, elas acabam colhendo inúmeros benefícios, como:

  • redução de custos;
  • proteção contra multas e processos;
  • motivação para os colaboradores;
  • fortalecimento dos valores da empresa;
  • redução de acidentes;
  • redução de riscos etc.

Basicamente, a saúde ocupacional é um compromisso das empresas com seus colaboradores. Mas é também uma função dos próprios colaboradores, com a manutenção de programas e campanhas voltadas para o bem-estar.

Por que a saúde ocupacional também é importante para os colaboradores?

Quando se pensa em saúde ocupacional, é fundamental analisar os “dois lados da moeda”. Acontece que os programas que envolvem esse aspecto são benéficos tanto para os funcionários, quanto para o negócio. O fato é que, quando os programas são efetivos, todos saem ganhando.

Para os funcionários, há a garantia e a segurança de que sua vida e saúde estão resguardados. Essas iniciativas ajudam a proporcionar um ambiente corporativo mais transparente, leve e seguro, cujos valores e objetivos são claros para todos. Um ambiente de trabalho faz muita diferença (positiva ou negativa) no cotidiano do colaborador e, sem dúvidas, isso deve ser levado em conta.

Para a empresa, o cuidado com a reputação é um aspecto também a ser lembrado. Situações que colocam as pessoas em risco, sem as devidas preocupações, jamais serão bem interpretadas pela sociedade. Fora isso, como comentamos acima, quando a empresa investe em saúde ocupacional, ela também se protege de multas e processos trabalhistas.

Como promover a saúde ocupacional na empresa?

Os programas voltados para a saúde ocupacional demandam planejamento e uma visão apurada sobre as lacunas que a empresa apresenta. Existem diversas atividades que podem ser promovidas, das mais simples às mais complexas, mas de igual importância. Abaixo, citamos as principais:

  • campanhas de vacinação;
  • workshops;
  • exames periódicos;
  • programas nutricionais;
  • apoio psicológico;
  • orientações sobre ergonomia e ginástica laboral etc.

É necessário também pensar em maneiras de a empresa proporcionar o fortalecimento da saúde ocupacional. Seja disponibilizando os equipamentos de proteção (que são obrigatórios), seja sugerindo pausas para alongamento e exercícios para a postura ou mesmo programas nutricionais, a empresa será uma grande parceira do colaborador nesse sentido.

Há outro ponto importante a ser observado: para além dos programas, é realmente necessário pensar em como fortalecer uma cultura que valoriza a saúde e o bem-estar dos colaboradores. Como? Por meio de uma comunicação efetiva, que divulgue informações essenciais ao tema, ofereça treinamentos, reciclagens e contextualize todos sobre os riscos e regras.

Por que é importante contar com especialistas?

Em busca de resultados melhores, a empresa deve contar com uma assessoria e com profissionais especializados no assunto. Trabalhar com a saúde ocupacional pode ser desafiador, principalmente por conta da adequação à legislação e às diferentes normas existentes.

Mais do que isso, é fundamental que a equipe esteja preparada e atenta aos processos. Trata-se de um setor que realmente interfere na vida do funcionário e que pode fazer grande diferença no seu bem-estar. Imagine que um acidente de mais gravidade em uma jornada pode tirar a vida de um colaborador ou deixá-lo doente, com agravantes para o seu dia a dia. Como lidar com isso?

A melhor forma é investir na prevenção, para evitar que situações de tal natureza ocorram. Por isso, uma equipe que atua com a saúde ocupacional deve ser multidisciplinar, dominar diferentes processos e ser capaz de aliar a tecnologia às ações. Assim, além de mais efetivas, as atividades tendem a apresentar um melhor retorno sobre o investimento.

E então, conseguiu entender o que é a saúde ocupacional e como ela é importante para as empresas? A Sharecare tem a combinação perfeita para o seu negócio. Oferecemos soluções digitais que vão desde ações de prevenção à atenção primária, trazendo mais eficiência, segurança e qualidade para o seu negócio. Entre em contato conosco e entenda com poderemos ajudar!

Panorama sobre os custos da obesidade para o sistema de saúde brasileiro