Campanha Setembro Amarelo nas empresas: como abordar o tema?

1 de outubro de 2021

A Campanha Setembro Amarelo foi criada com o objetivo de incentivar as pessoas a falarem mais sobre saúde mental, como uma estratégia de prevenção ao suicídio. Abordar esse tema nas empresas é de grande importância, tendo em vista que uma organização lida diariamente com várias pessoas, das mais diversas rotinas, que podem estar passando por momentos difíceis na vida pessoal, profissional e social.

Você sabia que cerca 1% das mortes registradas em todo o mundo são causadas pelo suicídio? O número parece pequeno, mas proporcionalmente à população mundial, isso representa aproximadamente 80 milhões de pessoas que tiram a própria vida.

Os fatores que levam um indivíduo ao suicídio são diversos. No entanto, sabe-se que condições socioambientais e transtornos mentais contribuem para que isso ocorra.

É por isso que falar sobre saúde mental nas empresas se torna fundamental. Neste post, vamos trazer algumas ideias de como abordar o tema no ambiente de trabalho de maneira produtiva com os colaboradores. Acompanhe e saiba mais!

Qual é a importância de a empresa investir em uma campanha do Setembro Amarelo?

A Campanha Setembro Amarelo tem como principal proposta a conscientização em relação à prevenção ao suicídio. Isso envolve fazer com que mais pessoas tenham ideia de que esse é um problema sério, não apenas no país, como em todo o mundo, além de incentivar boas práticas de cuidado com a saúde mental.

O suicídio é uma medida extrema, que pode ser evitada quando o indivíduo recebe o acolhimento necessário e conta com ajuda especializada para cuidar da saúde mental. Ações de incentivo a essas medidas podem partir do ambiente corporativo, por meio de campanhas promovidas pela empresa ou com o apoio dos colegas de trabalho.

Além do mais, é preciso levar em conta que o ambiente de trabalho está intimamente relacionado com a saúde mental. Afinal, a construção da carreira é um dos objetivos que mais envolvem desafios ao longo da vida, podendo trazer consequências graves para o bem-estar psicológico e a autoestima de uma pessoa, como:

  • Síndrome de Burnout;
  • Síndrome do Impostor;
  • depressão;
  • transtornos de ansiedade;
  • inseguranças socioeconômicas.

Desse modo, fazer com que os colaboradores de uma empresa voltem um pouco mais a atenção para esse tema sensível e possam entender a importância da prevenção ao suicídio é capaz de evitar graves danos. Além disso, essa é uma iniciativa que pode promover ótimas contribuições para a qualidade de vida dos profissionais, trazendo resultados positivos também para a produtividade e a eficiência da equipe no ambiente de trabalho.

Como abordar temas em função do Setembro Amarelo na empresa?

Tendo em vista a importância do tema para a saúde coletiva, o que pode ser feito para trazer mais o assunto para o dia a dia da empresa? Saiba que existem várias iniciativas positivas, que estão sendo promovidas por organizações em todo o mundo.

Além disso, medidas de prevenção ao suicídio podem e devem ser incentivadas a todo momento, não apenas durante o mês de setembro. Contudo, aproveitar a campanha para tornar as pessoas mais sensíveis ao tema é uma ótima estratégia.

Veja como uma empresa pode começar a promover debates e reflexões interessantes no contexto do Setembro Amarelo!

Palestras

Palestras são ótimas para conscientizar e abordar novos assuntos no ambiente de trabalho. Além de serem iniciativas essenciais para o treinamento e atualização dos colaboradores, podem ser aproveitadas para tratar de temas sensíveis, que vão além do âmbito profissional, como é o caso da saúde mental.

Convidar psicólogos, psiquiatras e demais profissionais especialistas no assunto para uma palestra na empresa é uma ação muito incentivada no Setembro Amarelo.

Essa experiência permite entender como o suicídio tem se tornado cada vez mais frequente na sociedade e os sinais que indivíduos com pensamentos suicidas podem apresentar. Desse modo, é possível conhecer melhor essa questão, estimulando o apoio às medidas de prevenção.

Eventos

Promover eventos e oferecer facilidades para que os colaboradores integrem programações realizadas por outras instituições também são ótimas ações da empresa em favor da Campanha Setembro Amarelo. Assim como as palestras, esses espaços são capazes de trazer debates e informações relevantes, de maneira dinâmica e construtiva.

Rede de apoio no dia a dia

Ter uma rede de apoio, como um espaço para pedir ajuda e aconselhamento psicológico na empresa, também é interessante. Enquanto as ações realizadas durante a Campanha Setembro Amarelo geram um alerta para a prevenção ao suicídio, essa medida promove soluções práticas.

É por esse motivo que vale a pena contar com um psicólogo na empresa ou oferecer benefícios, como descontos em clínicas com profissionais especializados, assistência médica e incentivos à melhora da qualidade de vida. Assim, é possível criar uma rede de apoio em torno do tema de saúde mental no trabalho.

Quais temas são relevantes para trabalhar nas campanhas de Setembro Amarelo na empresa?

Existem diversos temas que podem ser abordados nas campanhas relacionadas ao Setembro Amarelo. Para isso, é sempre importante pensar no contexto social, nas questões associadas à região, na faixa etária dos colaboradores, entre outros pontos.

Por exemplo, desde março de 2020, estamos enfrentando a pandemia provocada pelo coronavírus, que alterou totalmente a dinâmica da sociedade. Com o isolamento social, a insegurança e a ansiedade causadas pelo momento, entre vários outros fatores, vários transtornos que afetam a saúde mental aumentaram entre a população.

É válido pensar também que em grandes centros urbanos, por exemplo, as pessoas passam por infortúnios no dia a dia que geram estresse, como trânsito, distância geográfica da casa até o trabalho, rotinas corridas, entre outros. Esses fatores também causam desgastes emocionais e intensificam problemas de saúde mental.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) também gera um alerta, pois o suicídio é uma das principais causas de morte entre os jovens na faixa etária de 15 a 29 anos. Desse modo, é interessante dar uma maior atenção a esse público, principalmente no ambiente de trabalho.

Quais são os eventos que podem apoiar o Setembro Amarelo?

Eventos que incentivam a Campanha Setembro Amarelo ocorrem por todo o Brasil, nas mais variadas datas e regiões. Inclusive, por conta da pandemia, a maior parte da programação está voltada para a interação online.

Por esse motivo, acompanhar o site oficial da Campanha Setembro Amarelo vai ajudar a identificar as movimentações em prol dessa causa. Assim, é possível gerar ideias para implementar a abordagem do tema nas empresas da maneira mais adequada para promover o bem-estar dos colaboradores.

Gostou deste post? Então, continue acompanhando os nossos conteúdos. Curta a nossa página do LinkedIn e fique por dentro das nossas postagens!

Panorama sobre os custos da obesidade para o sistema de saúde brasileiro