Dia do psicólogo: entenda a relevância desse profissional na APS

27 de agosto de 2021

Você sabia que o Dia do Psicólogo é comemorado em 27 de agosto? Trata-se de uma data escolhida para relembrar a regulamentação dessa profissão, que ocorreu por meio da Lei nº 4.119/62 nesse mesmo dia. Esse é um momento oportuno para buscarmos informações sobre a profissão e seu impacto nos recursos humanos de uma empresa.

Como você sabe, o profissional da Psicologia é aquele que se dedica ao tratamento de transtornos e doenças que afetam a saúde mental, tais como a depressão e a Síndrome de Burnout. Porém, os psicólogos também são importantes para a promoção da saúde de uma forma mais ampla.

Afinal, o acompanhamento psicológico promove o autoconhecimento e a melhor gestão de emoções. Com o entendimento cada vez maior de que o conceito de saúde envolve um trabalho de promoção de qualidade de vida, e não apenas tratamento de doenças, essa profissão assume um papel de destaque na Atenção Primária à Saúde (APS).

Quer entender melhor como essa área se relaciona à gestão de saúde como um todo? Então, continue a leitura!

O papel da Psicologia na Atenção Primária à Saúde

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o conceito de saúde é definido como um “estado de completo bem-estar físico, mental e social“. Ou seja, vai muito além da ausência de enfermidades. Desse modo, a APS deve se estender a todas essas vertentes.

No nível de atenção primária, é importante que haja uma ação integrada das várias disciplinas que, juntas, permitem o acesso das pessoas a uma maior qualidade de vida. Desse modo, assim como é importante ter jornadas clínicas completas para a manutenção e a promoção da saúde física, o bem-estar mental deve ser uma prioridade.

Até porque é por meio da preservação da saúde mental que o indivíduo consegue se manter engajado e preocupado com outros aspectos fundamentais de sua qualidade de vida, tais como a realização profissional, o desenvolvimento pessoal e, sobretudo, o autocuidado com o corpo.

Assim, o atendimento psicológico da APS faz parte de uma abordagem integral e multidisciplinar em saúde. A atuação de um psicólogo envolve:

  • elaborar projetos para o acolhimento humanizado de pacientes;
  • identificar demandas psicológicas, seja devido a problemas de origem psicossomática ou ao enfrentamento de enfermidades em geral;
  • fazer a assistência à saúde mental com grupos psicoterápicos;
  • promover o autoconhecimento para que as pessoas saibam lidar com emoções de forma cada vez mais saudável.

A relevância da saúde mental na vida do paciente

Se você ainda tem dúvidas sobre a relevância da saúde mental em nossas vidas, basta observar os principais impactos de alguns problemas emocionais, como estresse e transtorno de ansiedade e a depressão. Entre eles, estão:

  • desequilíbrios no sono;
  • irritabilidade;
  • dificuldade de concentração;
  • mudanças bruscas de humor;
  • lapsos de memória;
  • agressividade.

Alguns transtornos emocionais podem até mesmo resultar em sintomas físicos, como dores de cabeça, distúrbios gastrointestinais e dores musculares. Quadros como esse podem levar a uma perda significativa de qualidade de vida e impactos negativos nas relações interpessoais.

Ou seja, além de ser determinante para o bem-estar de cada indivíduo, a saúde mental se relaciona à estabilidade física e envolve a qualidade das interações coletivas.

Ainda, a saúde mental está diretamente ligada à produtividade no trabalho. Para que você tenha uma ideia, dados do Ministério da Previdência Social revelam que doenças associadas à sobrecarga mental compõem um percentual significativo de afastamentos de trabalho: ao lado de riscos ergonômicos, problemas emocionais representam 40% das causas de absenteísmo.

Assim, para as empresas, é interessante se dedicar a manter os colaboradores felizes. Uma má gestão dos colaboradores com transtornos emocionais pode levar a um clima organizacional negativo, à queda nos resultados, ao aumento do absenteísmo e à maior utilização dos recursos de saúde. 

Desse modo, o investimento em estratégias para o equilíbrio da saúde mental é necessário para um convívio social mais saudável e o desenvolvimento socioeconômico dentro de uma empresa ou mesmo ao nível governamental. 

A relação entre o apoio psicológico e a recuperação do paciente

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), muitos brasileiros sofrem com ansiedade. Durante a pandemia de Covid-19, cerca de 80% da população reportou sintomas moderados a graves desse problema, enquanto 68% convivia com sinais de depressão. 

Esses números nos mostram que as questões de saúde mental não podem ser ignoradas, ainda mais na atualidade. Além dos impactos próprios de transtornos psicossomáticos, é sabido que pessoas com alterações emocionais ficam mais suscetíveis ao desenvolvimento de outras doenças, seja devido à baixa na imunidade ocasionada por alterações no sono e na alimentação, seja pela negligência de autocuidado.

Por outro lado, o bem-estar mental confere ao indivíduo melhores condições de interação social para uma convivência familiar e profissional mais saudável. Ainda, o atendimento psicológico faz toda a diferença no enfrentamento de quaisquer patologias, não apenas doenças psicossomáticas.

Isso porque as enfermidades em geral podem levar ao desenvolvimento de sintomas de ordem emocional. Cabe ao psicólogo auxiliar o paciente a lidar com o sofrimento ocasionado por uma doença da melhor forma, sendo essencial para a sua reabilitação.

Linha de Cuidado de Saúde Mental da Sharecare

A Sharecare está ciente da relevância dos cuidados com a saúde mental na APS. Por isso, conosco você conta com um ecossistema de soluções conectadas para a gestão de saúde, incluindo o atendimento psicológico. O objetivo é promover o autocuidado e o bem-estar dos beneficiários e, assim, ajudar a reduzir os custos e a sinistralidade do plano de saúde.

Um dos grandes diferenciais da nossa Linha de Cuidado de de Saúde Mental é o uso de tecnologias como a inteligência artificial para a modelagem preditiva. Assim, conseguimos estratificar os atendimentos de acordo com os níveis de risco e gravidade e, com isso, oferecer a cada perfil clínico o apoio adequado e personalizado.

Além disso, cada beneficiário conta com recursos de psicoeducação digital promovida por profissionais altamente capacitados, além de estratégias de atendimento que integram as inovações da saúde digital (high tech) e da saúde humanizada (high touch).

Com esta leitura, você viu que o Dia do Psicólogo serve para nos lembrar da importância dessa profissão. Na gestão de saúde, o atendimento psicológico ocupa um papel de destaque na promoção da qualidade de vida. Isso, para as empresas, representa o investimento nos recursos humanos e, assim, a redução de problemas associados aos transtornos emocionais no ambiente de trabalho. 

Então, entre em contato conosco e conheça melhor essa e outras soluções do ecossistema de saúde da Sharecare!

Panorama sobre os custos da obesidade para o sistema de saúde brasileiro