Healthways virou Sharecare! Venha nos conhecer

14 de janeiro de 2018

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]O ano novo chegou e, com ele, todas as novidades que eram anunciadas. Agora, a Healthways virou Sharecare, dando continuidade ao seu objetivo de oferecer soluções para o cuidado com a saúde e o bem-estar, porém abraçando novas tecnologias e englobando novos públicos. Relembre nossos programas e conheça o que temos de novo:

Coordenação de cuidado

Gestão de Crônicos

Desenvolvido para atender pessoas com doenças crônicas, o programa incentiva a busca de um novo estilo de vida e promove a mudança de comportamento por meio de orientações individualizadas de uma equipe especializada. Apesar das doenças crônicas acompanharem as pessoas por muito tempo, o objetivo é que os novos hábitos resultem em maior qualidade de vida e bem-estar, melhorando também a produtividade no trabalho. As principais doenças orientadas pela Gestão de Crônicos são: Diabetes, Insuficiência Cardíaca Congestiva, Doença Arterial Coronária, Asma, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica e Hipertensão Moderada e Severa.

Em um período de um ano, 94% dos participantes passaram a fazer acompanhamento médico regular, 57% passaram a ter uma alimentação saudável e 45% começaram a praticar exercícios físicos moderados ou intensos.

Envelhecimento Saudável

Este programa é voltado para populações acima de 65 anos em que uma equipe multidisciplinar faz acompanhamento individual com o intuito de aumentar a percepção de saúde dos participantes, proporcionando um envelhecimento com mais saúde e bem-estar. Além de evitar custos com internações, o monitoramento da solução estimula a prática de exercícios físicos e tem o foco na prevenção de doenças, aumentando a expectativa de vida da população. Após entrarem no programa, depois de um ano, 87% dos participantes dizem que têm uma boa percepção de saúde.

Gestão em Ortopedia

O mais recente programa de Coordenação de Cuidado da Sharecare é o único no Brasil que trata um conjunto de lesões: coluna, ombro e joelho. A Gestão em Ortopedia estabelece o grau de elegibilidade de cada indivíduo, identificando condições como cervicalgia ou transtornos discais para a coluna, rupturas de ligamento ou lesões degenerativas para o joelho e lesões de ombro, entre outras doenças. Por meio do acompanhamento da evolução da dor, é possível ter um diagnóstico e um tratamento adequado, que vai além do tratamento das lesões. A gestão do cuidado é abrangente e envolve o equilíbrio do corpo de forma global, incluindo a conscientização em adotar hábitos saudáveis.

Programas Clínicos

Coaching de Bem-Estar – com duas novidades: obesidade e hipertensão leve

Atua sobre as principais mudanças de comportamento direcionando para uma vida mais saudável com foco especial em obesidade, hipertensão leve, prevenção da depressão e controle do estresse, além de outras questões que incluem alimentação saudável aliada ao peso adequado, ginástica e exercícios físicos, parar de fumar, cuidados pessoais, adesão a consultas e adesão a medicamentos. Com prevenção da saúde voltada para a qualidade de vida, a necessidade de ir ao hospital diminui drasticamente, reduzindo também os custos empresariais com planos de saúde, como custos ambulatoriais, com internações e utilização do Pronto Socorro.

Dentre as áreas de foco, o controle de peso obteve o retorno mais positivo, em que 40% dos participantes apresentaram melhora após iniciar a participação no programa. Em segundo e terceiro lugar estão alimentação saudável e ginástica/exercícios, com 38%.

Alta Hospitalar

Este programa tem como foco a redução da taxa de readmissão dos pacientes pós-alta hospitalar. Com orientações específicas para cada indivíduo, o acompanhamento personalizado contribui para que a solução reduza custo de reinternações, uma vez que auxilia com possíveis dúvidas que o paciente possa ter ao chegar em casa. Dessa forma, evita que a pessoa tenha consultas adicionais desnecessárias.

O Alta Hospitalar atua em seis frentes: reforço sobre a medicina e aderência, compreensão e execução do plano de tratamento, consciência de novos sintomas ou agravamento, sinais de alerta para autocuidado com a saúde, necessidades do cuidador e avaliação de outras necessidades e apoio na busca de soluções.

Modelagem Preditiva

Método estatístico que utiliza dados atuais para fazer uma previsão futura, auxiliando na identificação da população com maior necessidade de intervenção médica. Com base em informações estatísticas, a Modelagem Preditiva antecipa comportamentos, riscos e oportunidades e, assim, possibilita a prevenção de doenças.

Por meio de recursos tecnológicos, como Big Data e Machine Learning, o programa faz o cruzamento de informações da sua população com algoritmos capazes de identificar pessoas com grandes chances de desenvolver problemas de saúde de alto custo e grandes riscos, como câncer, hipertensão, doenças de coluna, diabetes, entre outros. O método consegue identificar os 5% da população de maior risco de gerar alto custo nos próximos 12 meses. Com isso, é possível reduzir 25% do custo total com saúde.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]