Quando pensamos em alimentos açucarados, é provável que doces, como chocolate, bolo e sorvete venham à mente, certo? Mas alguns alimentos que parecem ser inofensivos podem conter mais açúcar do que aquele perigoso doce de padaria. Principalmente para as pessoas que sofrem de diabetes, colesterol alto, pressão alta e obesidade, é importante estar atento em quais são esses alimentos, uma vez que a quantidade excessiva de açúcar no corpo pode aumentar os riscos dessas doenças se manifestarem.

Confira seis alimentos que você nunca imaginou que fossem uma bomba de açúcar:

Molho de Tomate

A próxima vez que estiver planejando preparar macarrão para o jantar, esqueça o molho comprado no mercado e faça o seu próprio com tomates frescos. Os molhos de tomate prontos podem conter até 10g de açúcar para cada meia xícara. A Associação Americana do Coração recomenda limitar os açúcares adicionados entre 100 e 150 calorias por dia, o equivalente a 25g a 38g de açúcar. Apenas uma meia xícara de molho de tomate industrializado pode cobrir uma parcela considerável da sua distribuição diária de açúcar.

Iogurte

O iogurte, uma fonte de cálcio e proteína, pode ser uma parte nutritiva de qualquer projeto de alimentação saudável. Um pote de iogurte simples costuma ter apenas cerca de 6g de açúcar natural na forma de lactose. Porém, é fácil para um alimento bom virar vilão. Muitas marcas líderes de iogurtes aromatizados com frutas ou com pedaços de frutas no fundo podem ter mais de 30g de açúcar total. A melhor opção é sempre escolher iogurte natural, com baixo teor ou sem gordura e misturar com fatias de frutas em casa.

Barras de cereais

Optar por uma barrinha de cereal no café da manhã pode parecer uma ótima ideia quando estamos com pressa. O problema é que muitas barras de cereais tendem a economizar na fibra e exagerar nas substâncias doces. Mesmo aquelas que parecem mais saudáveis, como barras de granola, podem conter entre 8g e 19g de açúcar. Como alternativas, opte pelas barras de cereais sem açúcar ou por receitas caseiras. Na internet, é possível encontrar diversas opções em que o sabor doce é obtido naturalmente, a partir das frutas incluídas.

Fruta Enlatada

Frutas são parte importante de qualquer dieta saudável. São carregadas com vitaminas, minerais e o açúcar natural, como a frutose. Além disso, compostas por fibras, ajudam a diminuir a absorção de açúcar no corpo. Entretanto, a fruta processada e enlatada pode conter edulcorantes, que são substâncias usadas para adoçar alimentos, como no caso do xarope de milho ou do concentrado de suco de frutas. Por ser artificial, esse produto reduz o valor da saúde e eleva as taxas de açúcar. O ideal é sempre consumir frutas frescas. Caso não seja possível, como alternativa, você pode procurar produtos embalados em água ou com a informação “sem açúcares adicionados” no rótulo.

Molho de Barbecue

Quem não ama o sabor picante e, ao mesmo tempo, adocicado de barbecue na costela? O que você provavelmente não sabe é que apenas duas colheres de sopa deste molho têm entre 12g e 16g de açúcar. Enquanto os ingredientes do barbecue variam amplamente, a maioria inclui açúcar, melaço ou xarope de milho, com alta concentração de frutose. Verifique com atenção os rótulos para perceber palavras codificadas de açúcar. Se elas estiverem listadas entre os dois ou três primeiros ingredientes, pode apostar que o molho é uma bomba secreta de açúcar.

Refeições Congeladas

É difícil não descongelar aqueles pratos prontos ao final de um longo dia ou quando estamos com pressa. Mas alimentos altamente processados, como pizza, lasanha e jantares de micro-ondas, tendem a ter uma grande quantidade de açúcar escondido. Mesmo os que dizem ser orgânicos ou naturais (o que significa apenas que o produto não contém corantes, sabores artificiais ou substâncias sintéticas), muitas vezes contêm bastante xarope de milho, açúcar mascavo ou açúcar de cana. As refeições congeladas que são comercializadas como tendo poucas calorias e gorduras costumam ter mais açúcares adicionados, uma vez que são usados para aumentar o sabor. Portanto sempre verifique o rótulo antes de comprar.

Fonte: Sharecare