Aproximadamente 73% de funcionários no Brasil não estão engajados ou estão ativamente desestimulados, segundo o último estudo sobre engajamento no ambiente de trabalho do Gallup. Com dados de mais de 140 países, a pesquisa The State of the Global Workplace: Employee Engagement Insights for Business Leaders Worldwide foi realizada com o intuito de clarear caminhos que líderes podem seguir para aumentar o engajamento de funcionários e, consequentemente, a performance de suas companhias.

Os índices mundiais apontam para uma insatisfação ainda maior. Apenas 13% dos funcionários no mundo estão engajados no trabalho, dedicados emocionalmente e focados diariamente em criar valor para as organizações. Os outros 87% estão desestimulados.

Um ponto em comum entre as companhias ao redor do mundo é a necessidade de entender efetivamente seus colaboradores e aproveitar seus talentos, habilidades e energia de modo a aumentar a produtividade. Entretanto, em muitos países, desenvolver ações para aumentar a produtividade de funcionários é visto como oposição ao crescimento do negócio e à criação de mais empregos.

A pesquisa do Gallup mostra o contrário. O estudo concluiu que os 25% dos funcionários mais estimulados têm produtividade, rentabilidade e avaliações altamente maiores, assim como menos absenteísmo e menos incidentes do que os 25% menos estimulados.

 

E você que é líder, o que pode fazer para estimular seus colaboradores?

  • Incorpore engajamento na linguagem diária da companhia: é importante que as empresas tenham uma comunicação aberta sobre os motivos dessa estratégia e as vantagens tanto para a companhia quanto para os funcionários. Comunicados oficiais e conversas entre os colaboradores começam a disseminar uma cultura de engajamento e satisfação com o ambiente de trabalho.
  • Foco no engajamento vertical: a transformação mais importante ocorre de cima para baixo. Companhias apresentam melhores resultados quando os líderes incluem engajamento nas metas dos gerentes e permitem que eles atuem sobre essas expectativas. Gerentes e funcionários precisam se sentir empoderados para fazer a diferença no ambiente.
  • Treine gerentes e valorize-os pelo engajamento: gerentes são grandes responsáveis pelos níveis de engajamento dos seus funcionários. As empresas devem treinar seus gerentes, acompanhar seu progresso e garantir que eles engajem emocionalmente sua equipe constantemente.
  • Defina metas realistas de engajamento no dia a dia: líderes devem estabelecer objetivos palpáveis com o dia a dia dos funcionários para trazer engajamento à rotina. Assegure que os gerentes incluam elementos de engajamento em reuniões semanais e em conversas particulares.

 

Encontre meios de incentivar funcionários de acordo com a necessidade de cada um: aspectos culturais e econômicos, assim como nível de educação, influenciam a experiência de cada colaborador no meio de trabalho. Gerentes precisam ficar atentos a esses fatores e quais são os mais relevantes para elevar o engajamento da sua equipe.