Atualmente, a saúde é o 2º maior custo dentro das empresas, atrás apenas da folha de pagamento. E um dos grandes desafios é adotar uma cultura empresarial que valorize a qualidade de vida com o intuito de reduzir esse custo. Como isso pode ser realizado? Por meio de programas de gestão de saúde e bem-estar. A frente desse cenário, a Healthways, uma empresa Sharecare, trabalha na coordenação de projetos ligados à gestão de saúde, com o objetivo de reduzir os custos médicos, aumentar o engajamento e produtividade, aumentar a competividade, reduzir o absenteísmo, entre outros benefícios.

Por meio dos programas Gestão de Crônicos e Envelhecimento Saudável, a Healthways gerou uma redução de mais de R$ 100 milhões dos custos com saúde de seus clientes, em um período de um ano. Segundo Nicolas Toth Jr., presidente da Healthways, uma empresa Sharacare, o segredo é uma junção de fatores, aprimorados ao longo de seus anos de experiência dentro do mercado.

“Além de desenvolver uma plataforma específica para a gestão de saúde, a Healthways busca atingir grandes populações por meio de uma mudança de comportamento cada vez mais sólida, ao mesmo tempo em que especializa seu trabalho em cada indivíduo de acordo com seu grau de risco. Essa combinação, somada a uma equipe qualificada para realizar o acompanhamento, com um suporte bem estruturado, faz da Healthways uma empresa única dentro do setor de gestão de saúde populacional”, explica Toth. Com esse expertise, as empresas podem adotar o gerenciamento preventivo como parte da estratégia de negócios e, assim, fazer com que as ações e os projetos se tornem a rotina dos funcionários.

A lógica é simples: colaboradores saudáveis e engajados são mais produtivos e, consequentemente, atingem resultados satisfatórios mais facilmente. E quando pensamos em pessoas saudáveis, o conceito vai além da saúde física, ela engloba também o bem-estar mental, psicológico, a realização pessoal e profissional. Por esse motivo, é importante ter clareza do investimento que será realizado e de que os objetivos dos programas preventivos são de médio a longo prazo.

A redução dos custos é uma consequência do conjunto de ações promovidas pelos programas da Healthways, que incluem avaliação da rotina dos pacientes, acompanhamento regular por especialistas da saúde, direcionamento de seus hábitos para maior qualidade de vida, análise de dados para melhores tomadas de decisões, entre outros. “Um dos pontos mais importantes dos programas de gestão é o cuidado de selecionar as pessoas corretas para a intervenção correta, fazendo com que o trabalho se torne cada vez mais individualizado, tenha melhor engajamento e maior impacto. Quando o programa está mais próximo e adequado ao que se propõe, o resultado fica nítido”, afirma Toth.