Medicina preventiva: saiba por que a sua empresa deve investir!

By 30 de julho de 2019Notícias

Já ouviu falar em medicina preventiva? Talvez você não saiba, mas essa é uma ótima maneira de cuidar do bem-estar dos colaboradores, diminuir custos e aumentar a produtividade. Por isso, tem sido muito utilizada por empresas de sucesso para elevar os resultados das equipes.

Além de ser benéfica para os trabalhadores, a medicina preventiva também gera ótimos resultados para as companhias, uma vez que se observa grande redução dos gastos com saúde. Só para se ter uma ideia, segundo dados da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), o Brasil desperdiça por ano cerca de 20% dos investimentos no setor.

Levando em conta a relevância do tema, neste artigo, explicamos em detalhes por que agir preventivamente em relação à saúde e ao bem-estar dos colaboradores pode impactar positivamente nos resultados de uma empresa.

Continue a leitura e prepare-se para colocar algumas ações em prática!

O que é medicina preventiva?

A medicina preventiva tem como objetivo atuar na prevenção de lesões e doenças, sejam elas físicas ou emocionais. De forma simplificada, pode-se dizer que, em vez de tratar sintomas ou atuar para alcançar a cura, com a medicina preventiva, são implementadas ações antecipadas e cultivados bons hábitos, a fim de não esperar o mal se instalar para começar a agir.

Pensando no ambiente corporativo, a premissa da medicina preventiva deve ser acompanhar de forma constante a rotina e os hábitos dos colaboradores, buscando identificar grupos de risco e comportamentos que, em longo prazo, podem impactar na produtividade e, consequentemente, nos lucros da empresa.

É importante ressaltar que, em termos de resultados, desenvolver ações isoladas em uma empresa pode não ser a melhor maneira de atuar com medicina preventiva. Afinal, ao adotar programas de prevenção destinados a todos colaboradores, há um grande risco de desperdiçar recursos e não impactar no que de fato é mais necessário.

Vamos a um exemplo prático: é possível que parte dos colaboradores de uma empesa usem regularmente o plano de saúde para tratar de problemas relacionados ao sistema cardiovascular, por exemplo, e os gestores não tenham acesso esses dados. Da mesma forma, podem haver outros grupos se ausentando por motivos de baixa saúde mental ou por lesões ortopédicas e a empresa ainda não se dê conta disso.

É por isso que, atualmente, já exitem soluções tecnológicas capazes de identificar problemas em comum em certos grupos de colaboradores e de fazer um mapeamento preciso de como atuar. Esse tipo de medicina preventiva torna as ações muito mais objetivas e eficazes, resultando em mais saúde e bem-estar para os trabalhadores e em rentabilidade para a empresa.

Beneficio de implementar a medicina preventiva em sua empresa

Como você viu até aqui, adotar os recursos da medicina preventiva resulta em grandes benefícios não só para os colaboradores, mas também para as companhias. Confira a seguir mais algumas vantagens de implementar ações inteligentes de saúde e bem-estar nas empresas!

Redução do absenteísmo

Para a empresa, uma das principais vantagens de se prevenir o aparecimento de lesões e doenças nos colaboradores é a diminuição do número de faltas. Afinal, quanto mais saudável é o trabalhador, menos ele precisa se ausentar para ir ao hospital ou por motivo de atestado.

Outro ponto que ajuda na diminuição do absenteísmo é ter colaboradores mais motivados para o trabalho. E saber que a empresa cuida da qualidade de vida dos profissionais é uma grande motivação para exercer as funções com qualidade. De acordo com a Towers Watson, apenas 28% dos empregados estão engajados na empresa em que trabalham.

Atração de talentos

Uma boa empresa quer atrair os melhores profissionais do mercado, não é mesmo? Entretanto, isso só é possível quando a instituição demonstra ter diferenciais interessantes. De acordo com pesquisa feita pela LoveMondays, 58% dos profissionais consideram a qualidade de vida como fator preponderante nas decisões profissionais.

Quando uma organização é reconhecida por cuidar do bem-estar dos colaboradores, mesmo os melhores profissionais lutarão por uma vaga na equipe. Ou seja, as medidas preventivas são úteis não só para manter a equipe já contratada, mas também para atrair novos e bons talentos, aumentando o capital intelectual da empresa.

Redução de custos com saúde

Embora a redução de custos já esteja embutida em todos os tópicos anteriores, seus benefícios merecem ser tratados à parte.

Isso porque, ainda que os profissionais sejam cobertos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), um afastamento gera custos para uma organização. Afinal, quando um trabalhador se ausenta por atestado médico, outra pessoa precisa ser deslocada para desempenhar sua função, os clientes atendidos podem sofrer impactos, entre outras consequências para a empresa. De acordo com Ricardo Soares, diretor da Sul América, as empresas podem economizar até 20% com a prática de cuidados preventivos.

Outro assunto que merece destaque são os planos de saúde. Isso porque todas as vezes em que um colaborador aciona o convênio oferecido pela empresa há impacto financeiro. Assim, quanto menor for a necessidade de se usar os planos de saúde para atendimentos complexos, maior será a economia.

Atualmente, o desperdício com consultas e exames desnecessários é tão grande que os planos de saúde podem até mesmo deixar de existir nos próximos 20 anos.

Melhoria do clima organizacional 

O clima organizacional pode ser definido como um conjunto de propriedades do ambiente de trabalho que pode ser de alguma maneira percebido por todos que frequentam o local. Apesar de muitas vezes não receber a devida atenção, o clima organizacional influencia o comportamento e a motivação dos profissionais, impactando fortemente nos resultados e na imagem da empresa.

O que muitos não sabem é que a medicina preventiva pode também ser útil para a melhoria do clima organizacional. Isso porque, quando uma empresa age de forma preventiva e demonstra preocupação e cuidado com a saúde e o bem-estar dos colaboradores, consequentemente o ambiente de trabalho fica muito mais agradável e produtivo.

Como você viu, adotar na sua empresa a medicina preventiva pode ser uma ótima forma de aumentar a lucratividade e melhorar o bem-estar geral dos colaboradores e do ambiente de trabalho. Mas tenha em mente que, na hora de implementar as novas ações, é fundamental fazer um diagnóstico das necessidades da sua população, a fim de adotar estratégias objetivas e realmente direcionadas para a resolução dos problemas já existentes.

Este conteúdo foi útil para você e para a empresa em que você atua? Então, compartilhe-o agora mesmo em suas redes sociais e contribua para que as informações sobre medicina preventiva cheguem a outras pessoas!

Leave a Reply