Novembro Azul e a importância do Combate ao Câncer de Próstata

1 de novembro de 2021

Promover uma cultura de saúde em uma empresa pode parecer desafiador, mas trata-se de um processo que tem se tornado cada vez mais importante. As ações preditivas e direcionadas, como as campanhas do Novembro Azul, permitem que a empresa trate a saúde do colaborador de forma mais humanizada.

Afinal, os benefícios são para todos os envolvidos, não é mesmo? Por isso, ter um olhar atencioso para as campanhas pode não só incentivar o autocuidado dos colaboradores, como ser também uma fonte confiável de informação.

Você sabia que o câncer de próstata é o tipo mais comum de câncer que acomete os homens? Conforme o Instituto Nacional do Câncer (INCA), eles representam 29% dos diagnósticos da doença no Brasil. Além disso, a cada 38 minutos, um homem morre no país, por causa dessa doença. Entenda um pouco mais sobre a campanha e descubra como promovê-la em sua empresa.

O que é o Novembro Azul?

Criada em 1999 na Austrália e abraçada por diversos países, a campanha do Novembro Azul foi trazida ao Brasil pelo Instituto Lado a Lado pela Vida. O mês de Novembro foi eleito para promover ações voltadas para a saúde masculina, especialmente para a prevenção do câncer de próstata.

Este movimento, cada vez mais popular, conta com diversas iniciativas que visam informar e quebrar paradigmas sobre as doenças masculinas. Palestras, apresentações, workshops, debates, caminhadas etc. São diversas as maneiras existentes para engajar e consciencializar tanto os colaboradores, quanto a comunidade em geral.

Outro ponto importante do Novembro Azul é a promoção dos exames de rotina, que apesar de simples, são superimportantes. Entre eles estão a medição da pressão arterial, a atualização da carteira vacinal, a verificação da glicemia e o teste de IMC.

O que é o câncer de próstata?

Você sabe o que é a próstata? Trata-se de uma glândula do sistema reprodutor masculino. Quando ela passa a produzir células de forma descontrolada, é possível que haja o surgimento de um tumor.

Uma das grandes preocupações sobre essa doença é que, inicialmente, ela é muito silenciosa. Nos primeiros anos ela pode ser imperceptível e o homem só a descobre em fase avançada. Isso ocorre a partir de diversos sinais, como bexiga desregulada, presença de sangue na urina e dor óssea.

Os custos com o tratamento, que em alguns casos envolve quimioterapia, podem ser altos. Por ser descoberta tardiamente, a doença exige diversas ações paliativas, terapia e o uso de tecnologia mais avançadas.

Como prevenir o câncer de próstata?

A melhor forma de prevenir o câncer de próstata é por meio do diagnóstico precoce. Por isso, é muito importante que homens (principalmente a partir dos 45, 50 anos) façam consultas anuais com urologistas e realizem o exame de toque retal.

Simples e rápido, este exame (juntamente do exame de sangue PSA) permite que o médico tenha uma visão mais clara sobre a condição do paciente e sobre o tratamento mais adequado. Além disso, é com o toque que o médico consegue identificar se há algum nódulo ou alteração na região.

Para a confirmação do câncer de próstata, é necessária a realização da biópsia. Assim, são retirados pequenos pedaços da próstata e analisados em laboratório.

Infelizmente, por preconceito e falta de conhecimento, diversos homens não realizam o exame e, com isso, reduzem as chances de que a doença seja identificada mais cedo.

Fatores de Risco

Normalmente, o câncer de próstata acomete homens com idade mais avançada, a partir dos 50 anos. Para você ter uma ideia, cerca de 75% das pessoas que apresentam a doença possuem mais de 65 anos. Mas existem fatores de riscos que “facilitam” o surgimento da doença, como:

  • obesidade;
  • excesso de consumo de sódio;
  • sedentarismo;
  • tabagismo;
  • imunossupressão;
  • exposição solar sem proteção;
  • consumo excessivo de álcool;
  • histórico familiar.

Mudança de hábitos

Muito se fala sobre a importância de melhores hábitos no dia a dia e nesse contexto, as recomendações não são diferentes. Uma dieta saudável, a prática de exercícios, o controle do peso e o abandono do cigarro são posturas cruciais para a manutenção e controle da saúde masculina.

Recentemente, descobriu-se que o consumo de altas quantidades de gordura saturada está relacionada ao câncer de próstata agressivo. Ou seja, a diminuição do consumo de gorduras ajuda na prevenção do câncer e de outras doenças, como as cardiovasculares.

Comer mais frutas e praticar caminhadas, por exemplo, são ações que já ajudam muito. Ter um olhar cuidadoso sobre esses aspectos e adicionar hábitos mais saudáveis na rotina, pode fazer com que a pessoa fique mais saudável e evite não só o câncer de próstata, como o surgimento de várias outras doenças.

Por que criar atividades voltadas para o Novembro Azul?

Engajar toda a empresa em ações para a promoção da saúde demanda estudo e planejamento. É interessante ter um olhar direcionado para a necessidade e perfil dos colaboradores, sempre pensando na mensuração dos resultados e nos efeitos para a equipe.

Promover este diálogo não só demonstra respeito, como também ajuda na interação entre equipes. Além de reforçar a cultura e os valores da instituição, é fundamental demonstrar que a empresa está realmente preocupada com a saúde do colaborador. Portanto, um olhar cuidadoso para o employer branding pode ajudar na criação dessas atividades e materiais.

Como compartilhar os conteúdos?

De nada adianta produzir conteúdos muito relevantes, sem que tenham o engajamento dos colaboradores. Por isso, pense em fazer com que sejam produzidos de uma forma mais criativa e cativante, sem perder o tom informacional.

Lembre-se também de estudar o seu público. Afinal, com que estamos falando? Qual o perfil e a idade dos colaboradores? Com os dados apresentados acima, é possível trazer mensagens mais efetivas.

Normalmente, as campanhas do Novembro Azul possuem foco na consciencialização das pessoas e no compartilhamento de informações para desmistificar preconceitos. O Novembro Azul é uma data importante e que, sem dúvidas, pode auxiliar na manutenção da saúde dos colaboradores.

E então, conseguiu entender um pouco mais sobre a importância do Novembro Azul e de como implementar essa campanha na sua empresa? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e faça com que outras pessoas também conheçam mais sobre o tema!

Panorama sobre os custos da obesidade para o sistema de saúde brasileiro