O que fazer em tempos de quarentena ou isolamento

13 de abril de 2020

Em primeiro lugar, tente não ficar estressado. Este momento é essencial para sua recuperação e para evitar o contágio de outras pessoas. Mentalize que em breve você estará melhor e novamente em contato com as pessoas que ama e engajado em suas atividades habituais.

Se concentre em repousar e manter seu auto-cuidado. Para isto, tente estabelecer uma rotina diária. Programe horários de descanso, pense em como organizar refeições saudáveis e nutritivas, preste muita atenção na sua hidratação e seus hábitos de higiene.

Cuide-se com muito carinho. Nossa auto-imagem nos ajuda a nos sentirmos melhor.

Cuidado com notícias pessimistas na TV ou internet. Mantenha-se informado, mas não foque todo o seu dia em notícias sobre a pandemia. Assista ou leia um ou dois jornais diários de sua preferência e aproveite estas ferramentas para outros entretenimentos. Coloque seus filmes, série e novelas em dia.

Resgate aqueles livros que você comprou ou ganhou e não leu ou aqueles que precisa reler.

Já que toda a nossa rotina mudou e parece que as coisas estão de cabeça para baixo, que tal olharmos para dentro de nós mesmos? Pausas obrigatórias nos congelam num primeiro momento, mas muitas vezes nos levam a perspectivas novas, aflorando a criatividade. Se você gosta de hobbies como desenho ou pintura, por exemplo, pode ser um momento para retoma-los.

Muitas universidades e plataformas de ensino online contam com cursos gratuitos neste período. Não apenas profissionais, mas também sobre hobbies e práticas de auto-cuidado.

Use as redes sociais a seu favor. Entre em contato com quem você ama. Desde os mais próximos até aquele amigo de escola ou ex-colega de trabalho com quem você perdeu o contato.

Muitos artistas de diversos seguimentos estão organizando lives com shows exclusivos para este período.

Sabemos como este momento é delicado, mas tente relaxar um pouco fazendo o que lhe dá prazer em casa.

Fonte

Associação Americana de Psicologia. “Mantenha distância para se manter seguro.”

Patricia Pendry, Jaymie L. Vandagriff. “Programa de Visitação Animal reduz os níveis de cortisol de estudantes universitários: um estudo controlado randomizado.” ÁREA Aberta. Abril-junho de 2019, vol. 5, n. 2, pp. 1–12.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]