Quais são os sintomas de pressão alta? Entenda sobre a problemática

15 de novembro de 2021

Você sabia que alguns sintomas de pressão alta são discretos? Esse é um problema que deve ser observado entre os colaboradores da empresa quando o assunto é saúde e bem-estar no trabalho.

Níveis altos de pressão arterial podem indicar uma doença crônica muito prejudicial chamada hipertensão. Esse é o nome dado à condição que faz com que o fluxo sanguíneo percorra com uma maior força pelos vasos sanguíneos.

Isso ocorre por vários motivos. Um deles é o estreitamento das paredes dos vasos sanguíneos. Outra razão muito comum é o entupimento de veias e artérias, que diminui o espaço livre para o sangue percorrer.

Quer saber quais são os principais sintomas relacionados à pressão alta e por que o controle da hipertensão é um assunto importante no ambiente de trabalho? Acompanhe este post e entenda!

Principais sintomas da pressão alta

Conhecer os sintomas mais frequentes de um problema de saúde é um dos primeiros passos para fazer o rastreamento de doenças crônicas. Por mais que pareça um tema simples, que não traz um forte efeito para as empresas, isso permite realizar uma maior conscientização entre a equipe e, por meio de ações preventivas, evitar uma série de problemas em uma organização.

Quando vamos olhar para a hipertensão, a primeiro assunto a se pensar é a saúde cardiovascular. A pressão alta é um indício de que o coração ou os vasos sanguíneos não estão funcionando como deveriam.

Mas, como saber se a pressão está acima dos níveis desejados? Quando isso ocorre, surgem alguns sintomas, como:

  • dores de cabeça, especialmente na região da nuca;
  • dores no peito ou palpitações;
  • visão turva;
  • fadiga;
  • fraqueza;
  • enjoo;
  • zumbido no ouvido;
  • sangramento nasal.

Principais causas da pressão alta

Existem vários fatores por trás da pressão alta. Desde já, vale ressaltar que pessoas que têm casos de hipertensão na família apresentam uma maior predisposição para desenvolver essa doença crônica, principalmente quando mantêm alguns hábitos prejudiciais à saúde.

A seguir, vamos listar as principais causas da pressão alta. Confira!

Má alimentação

Boa parte dos casos se relaciona com problemas na alimentação, embora essa não seja a única causa. Uma dieta baseada em alimentos com alto teor calórico, com presença de açúcares, sódio, gorduras saturadas e trans em excesso, promove a formação de placas nas paredes sanguíneas.

Quando há acúmulo dessas placas, com o passar do tempo, o espaço para a passagem do fluxo sanguíneo vai se limitando. Em alguns casos, podem se formar corpos estranhos, chamados de êmbolos, que são transportados pelos vasos sanguíneos, até pararem em uma veia ou artéria de menor diâmetro, causando a obstrução desse canal.

Sedentarismo

A prática regular de atividade física é altamente recomendada por contribuir com a saúde cardiovascular. A falta de exercício físico na rotina, por outro lado, pode prejudicar a manutenção do organismo e provocar o aumento da pressão arterial.

Maus hábitos

O tabagismo e o alcoolismo são outros fatores que podem causar a perturbação do sistema cardiovascular e, consequentemente, a hipertensão arterial. O uso indevido de medicamentos, sem orientação médica, é outro mau hábito que pode se transformar em pressão alta.

Vale ressaltar que o estresse crônico também é capaz de induzir a pressão alta. Por esse motivo, pessoas que enfrentam situações estressantes com frequência na rotina estão mais suscetíveis a essa doença.

Sintomas de outras doenças

A hipertensão pode tanto provocar novos distúrbios, como o Acidente Vascular Cerebral (AVC), quanto ser uma consequência de outras doenças que atingem outras áreas do corpo. Por exemplo, a Covid-19 afeta a pressão arterial e pode fazer com que indivíduos saudáveis apresentem esse problema de saúde depois de se contaminarem com o coronavírus.

Além disso, doenças renais, problemas hormonais e cardiopatias são capazes de fazer com que uma pessoa apresente pressão alta. Isso mostra como os sistemas do nosso corpo se relacionam e por que é importante cuidar da saúde como um todo.

Principais riscos da pressão alta no ambiente profissional

Ter colaboradores que sofrem com problemas de pressão alta pode trazer um conjunto de consequências para uma empresa, como queda na produtividade, aumento do absenteísmo e problemas de integração da equipe.

Nesse contexto, o incentivo à qualidade de vida se mostra ainda mais necessário, tanto para a preservação do bem-estar dos colaboradores quanto para a prevenção de danos na organização.

Vale ressaltar também que o ambiente de trabalho pode oferecer riscos de desenvolvimento de hipertensão aos colaboradores. Afinal, espaços que contribuem para o aumento do estresse são prejudiciais para a saúde física e mental dos profissionais.

Por essa razão, é importante cuidar também do clima organizacional da empresa. Propor jornadas de trabalho saudáveis, oferecer uma gestão de benefícios adequada para os diferentes cargos e desenvolver um bom entrosamento entre a equipe são algumas medidas importantes da parte do RH.

Relação entre o autocuidado e a pressão alta 

Como visto, muitos dos fatores de risco da pressão alta estão relacionados aos hábitos adotados no dia a dia, como alimentação, exercícios físicos e uso de substâncias tóxicas, a exemplo do álcool e do tabaco.

Por esse motivo, o autocuidado é fundamental para a prevenção da hipertensão. Isso tanto do ponto de vista físico quanto mental, tendo em vista que o excesso de estresse também pode contribuir para o surgimento da doença.

Dicas para conscientizar os colaboradores sobre a hipertensão

É por esse motivo que é importante falar sobre este assunto no ambiente de trabalho. Realizar campanhas de conscientização e trazer especialistas para dar palestras sobre a importância da prevenção da pressão alta também são atitudes muito benéficas.

Além disso, o setor do RH pode dar uma maior atenção à qualidade de vida dos colaboradores. Isso sem contar que desenvolver um bom clima organizacional só traz vantagens para a empresa e ainda ajuda na prevenção da pressão alta, pois contribui no combate ao estresse.

Como visto, prestar atenção nos sintomas de pressão alta é importante para prevenir danos à saúde e o surgimento de doenças ainda mais graves. Por esse motivo, é fundamental abordar esse assunto entre os colaboradores, como forma de conscientização e incentivo à adoção de hábitos mais saudáveis no dia a dia.

Gostou deste post? Então, curta também a nossa página do LinkedIn e continue acompanhando os nossos conteúdos!

Panorama sobre os custos da obesidade para o sistema de saúde brasileiro