Como é o tratamento da COVID-19?

13 de abril de 2020

A infecção pela COVID-19 tem uma apresentação clínica variada entre as pessoas. Ocorrem desde casos assintomáticos (pacientes sem nenhum sintoma da infecção) até quadros graves e potencialmente fatais.

Como a maioria dos quadros virais, em geral o médico orientará o uso de medicações sintomáticas. Ou seja, remédios e cuidados que não matam o vírus ou tratam diretamente a infecção, mas que tem por objetivo reduzir a intensidade dos sintomas.

Orientações gerais que podem ajudar na sua recuperação são a atenção ao seu auto-cuidado (por exemplo manter repouso, sono, alimentação e hidratação), manter os cômodos da casa arejados e umidificar o ar.

É comum que médicos orientem o uso de analgésicos para dor, antitérmicos para febre e descongestionantes nasais, por exemplo.

Ainda não há um medicamento reconhecidamente eficaz contra o coronavirus. Algumas medicações estão sendo testadas com diferentes taxas de sucesso.

Todo medicamento tem ações benéficas, mas também efeitos colaterais. Que variam de acordo com a doença e patologia que está sendo tratada, o paciente, outras doenças que possua e alergias.

Por isso não use nenhum remédio por conta própria. Sempre procure orientação médica.

Se você precisar de orientação sobre tratamento ou controle dos sintomas da infecção pela COVID, ou tiver dúvidas sobre uso de medicações, estamos aqui para atendê-lo no 0800 591 6091.

Fonte

Ministério da Saúde. “ Protocolo de Manejo Clínico da Covid-19 na Atenção Especializada.” Brasília: Ministério da Saúde, 2020[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]